Até as 4h deste sábado (2), os postos médicos montados pela Prefeitura do Rio no Sambódromo fizeram 123 atendimentos. A maioria dos casos está relacionada a traumas ortopédicos leves e mal estar geral. Até o momento, quatro pessoas foram transferidas para unidades de saúde da rede municipal. 
 
Todos os postos médicos, operados pela Secretaria Municipal de Saúde (SMS), são preparados para atender as emergências, com leitos, cadeiras de hidratação e equipamentos de suporte à vida para monitoração e estabilização dos pacientes mais graves. Além das unidades pré-hospitalares, todos os hospitais, coordenações de emergência regional (CER) e unidades de pronto atendimento (UPA) municipais estão com suas equipes prontas para dar apoio aos atendimentos mais complexos, recebendo as transferências, realizadas pela Central Municipal de Regulação.
 
Top